• Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon

© ITACI - Instituto de Tratamento do Câncer Infantil. 

Todos os direitos reservados.

Rua Galeno de Almeida, 148 - Pinheiros

 São Paulo - SP - CEP 05410-030

Informações: (11) 2661-8962

(11) 2661-8963

(11) 2661-8968

A radioterapia é o tratamento com raios de alta energia para destruir as células cancerosas. Como a cirurgia, a radioterapia é um tratamento local. Como preparar seu filho para a radioterapia.

Antes do início do tratamento um médico especialista em radioterapia vai falar com você e com o seu filho sobre o tratamento. 
O médico também irá marcar a área exata onde será feita a radiação, pois o tratamento é dado sempre no mesmo local. 

Estas marcas precisam permanecer no local durante todo o tratamento. A pele pode ficar sensível durante a radiação, por isso é importante evitar o uso de sabonetes ou loções perto das marcas ou da parte do corpo que recebe a radiação sem a aprovação da equipe de radiação. As loções devem ser retiradas antes do tratamento. 

Por causa da exposição à radiação, você não terá permissão para ficar no quarto com seu filho durante o tratamento. Seu filho não vai ficar radioativo durante ou após a terapia de radiação, então ninguém precisa ter medo de estar perto dele.

O que vai acontecer durante a radioterapia?
A radioterapia não provoca dor. É muito parecido com uma radiografia comum , exceto que seu filho precisa se manter mais tempo no local da radioterapia e por esse motivo o médico pode dar um medicamento para ajudá-lo a relaxar ou para colocá-lo para dormir. As partes do corpo de seu filho que não estão sendo tratados serão cobertas por escudos especiais feitos de chumbo para proteger as partes do corpo da radiação. 

Diminuir os medos de seu filho
Algumas crianças podem achar assustadoras as máquinas de radioterapia.Seu filho e você farão uma visita pela área antes do primeiro tratamento, assim ambos poderão ver as máquinas e saber como funcionam. As crianças mais jovens podem ter medo de ficar sozinhas no quarto e você pode dizer ao seu filho que estará do lado de fora, esperando por ele.

Efeitos secundários da radioterapia: 
As altas doses de radiação têm como objetivo matar as células cancerosas, mas também podem prejudicar as células normais. Os efeitos colaterais dependem da dose de tratamento e a parte do corpo a ser tratada. 

Os efeitos mais comuns são:
Vermelhidão na pele: deixe a pele descoberta, limpe como indicado, use as pomadas indicadas pelo médico, mantenha seu filho longe do sol e use protetor solar FPS 30.

A perda de cabelo ocorre na área irradiada e deve voltar a crescer dentro de algumas semanas a 3 meses após o término do tratamento, mas algumas áreas que receberam doses mais elevadas podem não voltar a crescer. Para preservar os cabelos, use um xampu suave, corte e evite secadores, proteja o couro cabeludo do frio e do sol, utilize um pente de dentes largos. 

Efeitos colaterais de acordo com o local de radioterapia: 

Cabeça e Pescoço:
Feridas na boca: use enxaguatórios bucais, sem alcóol para lavar a boca do seu filho. Dê ao seu filho uma escova de dentes macia Evite alimentos quentes, picantes ou ácidos. Prefira servir alimentos moles. Contate o médico se seu filho apresentar feridas na boca, áreas dolorosas ou manchas vermelhas ou brancas na boca. 

Boca seca: beba muita água, lave a boca com um bochecho recomendado pelo médico ou dentista. 
Ofereça alimentos com molhos, para torná-los úmidos e fáceis de engolir. 

Estômago e abdome:
Náuseas e vômitos: pergunte ao médico do seu filho sobre medicamentos para controlar náuseas e vómitos. Ofereça alimentos leves 3-4 horas antes do tratamento. Incentive seu filho a comer pequenas quantidades de comida, muitas vezes lentamente. Evite servir alimentos doces, gordurosos, picantes e alimentos com odores fortes.

Sirva refeições frias para a criança, como sanduíches em vez de alimentos quentes.

Incentive o seu filho a descansar após as refeições.

Se o seu filho estiver vomitando, não dê nada para comer ou beber até que esteja sob controle. Uma vez que o vômito esteja controlado, dê pequenas quantidades de líquidos claros (por exemplo, água, caldo de carne, sorvetes sem leite e sobremesas de gelatina ). 

Quando a criança estiver aceitando bem os líquidos claros, tente líquidos mais densos (por exemplo, pudim, iogurte, batidos, sopas). Oferecer alimentos gradualmente até os sólidos. 

Diarréia:
Contacte o seu médico se a diarréia for líquida e mais de três fezes por dia.
Evite dar alimentos gordurosos para a criança.
Experimente os alimentos ricos em proteínas e calorias, mas pobre em fibras, tais como o iogurte, arroz com caldo de carne ou macarrão.
Sirva alimentos ricos em potássio, que não causam diarréia, como bananas, pêssego e suco de damasco e batatas cozidas ou purê.
Certifique-se de seu filho bebe líquidos em abundância.

Efeitos colaterais a longo prazo da terapia de radiação
A radioterapia também pode afetar o seu filho no futuro. 

Por exemplo, a radiação para o cérebro pode causar problemas de aprendizagem e de coordenação, especialmente em crianças muito jovens. 

A radioterapia também pode afetar o crescimento do seu filho ou pode causar um segundo câncer. Assim, o médico pode atrasar a radioterapia, ou, se possível, escolher um outro tratamento, tal como a quimioterapia.

A equipe de tratamento do seu filho não tem como saber exatamente quais os efeitos a longo prazo que o seu filho pode ter, mas eles podem ajudá-lo a saber quais são os possíveis efeitos e as formas de diagnóstico e prevenção.