• Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon

© ITACI - Instituto de Tratamento do Câncer Infantil. 

Todos os direitos reservados.

Rua Galeno de Almeida, 148 - Pinheiros

 São Paulo - SP - CEP 05410-030

Informações: (11) 2661-8962

(11) 2661-8963

(11) 2661-8968

Biópsia: 
é retirada uma parte ou todo o tumor para se determinar o tipo de câncer. O patologista, médico que se especializa no reconhecimento de doenças em humanos, olha para o tecido sob um microscópio. 

Aspiração da medula óssea(mielograma) ou biópsia da medula óssea:
este exame examina a medula óssea sob um microscópio para ver se a leucemia está presente ou se o tratamento está funcionando. 
Para outros tipos de câncer o exame avalia se a doença se espalhou para a medula óssea. 

O local de punção varia de acordo com a idade da criança sendo o local mais freqüênte é no osso do quadril. 


Estudos de sangue 

Marcadores tumorais:
esse tipo de exame pesquisa substâncias que podem aumentar no sangue de uma pessoa com câncer. Alguns marcadores são específicos para alguns tumores.Esse exame pode ajudar a diagnosticar câncer e descobrir como seu filho está respondendo ao tratamento. 

Hemograma completo:
exame que verifica os elementos que compõe as células do sangue: glóbulos brancos (leucócitos), glóbulos vermelhos e contagem de plaquetas em uma amostra de sangue. Os glóbulos brancos no sangue também são utilizados para encontrar certos tipos de células imaturas - chamado blastos - típicas de leucemia. Os leucócitos protegem o corpo das infecções. A quimioterapia e outros tratamentos podem reduzir o número de glóbulos brancos , aumentando o risco de infecção. 

Por essa razão que seu médico após a quimiterapia orienta que qualquer sinal de febre com leucócitos baixos é necessário retornar ao hospital. 

Glóbulos vermelhos( hemoglobina): 
a hemoglobina é a substância presente no sangue que transporta o oxigênio para os tecidos do corpo. A hemoglobina baixa indica anemia. 
Anemia pode causar palidez, fraqueza e cansaço. 

Contagem de plaquetas: 
Mede o número de plaquetas. As plaquetas ajudam na coagulação do sangue. Uma baixa contagem de plaquetas aumenta o risco de sangramento. 

Punção lombar:
o exame obtém uma amostra de fluido espinal, líquido que reveste o cérebro e medula espinhal. O fluido é avaliado através do microscópio para ver se há alguma infecção ou células cancerosas. É também utilizado para administrar medicamentos quimioterápicos diretamente para o cérebro e na medula espinhal.